06 October 2005

liberta o Paulo Coelho que há em ti!

A Carris é uma empresa menosprezada... Há quem pense que ali só se tratam de autocarros, biodiesel, carreiras, passes e bilhetes. Think again! Depois de anos a treinar a paciência zen do lisboeta (E quando vem o autocarro? E isso interessa? Vem quando vier, os momentos são quando são, a vida é uma ilusão e é inútil qualquer tentativa de calcular o futuro, para sempre imprevisível!) deram um passo em frente! E que passo, sempre na vanguarda! Agora qual Stephen Hawking reinventaram o tempo!
Por toda Lisboa foram colocadas umas plaquinhas que dizem quantos minutos faltam para o próximo autocarro x passar. Que maravilha, que inovação! Mas o tempo, ah o tempo-carris não é igual a esse tempo que pensamos conhecer e que rege as nossas vidas... Um minuto-carris não tem 60 segundos. Tem 60 segundos-carris cuja conversão para o tempo-quotidiano-burguês-e-capitalista é impossível de calcular! Mas para quê? Quando se vive na vanguarda não nos podemos prender por detalhes, a vida é demasiado fugaz!
E isto não é moda dos EUA, não foi inventado no MIT ou em Harvard. É de autoria completamente portuguesa! É como a Via Verde! Isto é o futuro! Assumir a inconstância do momento, a imprevisibilidade da vida. Liberta o Paulo Coelho que há em ti!

-Quando vens?
-Hmm. Daqui a duas horas.
-Duas horas?
-Duas horas-carris!
-Ah, Estarei à tua espera. Ou não!

Ah se o mundo funcionasse a minutos-carris!

8 comments:

  1. Anonymous2:53 PM

    Like your page very much. I'll be back again for sure.

    Keep on keeping on!

    Ads.

    ReplyDelete
  2. This comment has been removed by a blog administrator.

    ReplyDelete
  3. Bem... parece que alguém esperou e desesperou à espera do amarelinho da Carris...

    Melhor seria se em Lisboa existissem Mikrolets... Isso sim é que era!!!

    ReplyDelete
  4. partilho do mesmo gosto!

    ReplyDelete
  5. bem eu tiro o chapéu a via verda, sem duvida invenção muito bem inventada, mas apesar de contente pela inovação a plaquinha com os minutos que faltam p o bus chegar já existe há milénios em itália... foi um portuga que a inventou???

    de qq maneira... que orgulho na carris!!!!

    ReplyDelete
  6. Pois é, tens que dar um desconto...há sempre uma atenuante (ou duas). Se calhar o biodiesel é um combustível que faz o autocarro andar devagarinho...e parado.
    Ou então a velocidade reduzida é propositada, para permitir aos munícipes admirar os lindos e inúmeros cartazes da nossa "querida" autarquia.
    PS- essa ideia dos minutos-carris é excelente. Que tal propôr à UE que a regularização do nosso défice se faça antes em 3 anos-carris? :-)

    ReplyDelete
  7. Pois é, tens que dar um desconto...há sempre uma atenuante (ou duas). Se calhar o biodiesel é um combustível que faz o autocarro andar devagarinho...e parado.
    Ou então a velocidade reduzida é propositada, para permitir aos munícipes admirar os lindos e inúmeros cartazes da nossa "querida" autarquia.
    PS- essa ideia dos minutos-carris é excelente. Que tal propôr à UE que a regularização do nosso défice se faça antes em 3 anos-carris? :-)

    ReplyDelete
  8. LOL... eu bem que vi essas placas... mas pensei que eram so' mesmo para ingles-ver, pois nem funcionavam... LOL

    ps. gostei da tua tentativa zenica adapatada a lisboa!

    ReplyDelete

Leave your comments, ideas, suggestions. And thank you for your visit!

Pin it

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...